Atendimento: [14] 3402-3300

Acim anuncia mais um índice otimista nas vendas

Consumidores estão se comportando com ânimo visando as vendas do final do ano

O vice presidente da diretoria da Associação Comercial e Industrial (ACI) de Marília, Manoel Batista de Oliveira, considerou animador o Índice Nacional de Confiança (INC), anunciado pela Associação Comercial de São Paulo (ACSP), que registrou 82 pontos em outubro ― a maior marca desde julho de 2015. “Trata-se de um crescimento de quatro pontos sobre setembro (78) e de nove frente a outubro do ano passado (73)”, calcula o dirigente mariliense em tom animador. A pesquisa foi feita em todas as regiões brasileiras entre os dias 8 e 14 de outubro, ou seja, após a divulgação dos resultados do primeiro turno das eleições. “Excelente sinal para as vendas no final do ano”, completou Manoel Batista de Oliveira ao ter acesso aos números da pesquisa.

De acordo com o dirigente mariliense vivemos um momento delicado politicamente, que afeta diretamente no entusiasmo do consumidor. “Passado o primeiro turno, o pessimismo do consumidor diminuiu”, disse o presidente da ACSP, Alencar Burti. “Após os resultados do segundo turno, a confiança deve subir mais, na esteira de um clima de otimismo porque historicamente é o que acontece em ano eleitoral”, opinou o também presidente da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo. “E, dependendo da intensidade do ânimo do brasileiro, as vendas de fim de ano podem ser bastante positivas”, disse animado ao fazer uma previsão para o comércio varejista no final do ano.

Alencar Burti pondera que, embora o INC de outubro de 2018 seja o maior patamar em três anos, o indicador segue no campo pessimista, pois o INC varia entre zero e 200 pontos; o intervalo de zero a 100 é o campo do pessimismo e, de 100 a 200, o do otimismo. “Mas não deixa de ser um sinal animador”, apontou Manoel Batista de Oliveira que acredita numa expectativa de vendas positivas para o Natal deste ano, quase 10% melhor do que o ano passado. “Estou sendo super otimista, porque os índices do ano passado foram baixos”, comentou ao aguardar mais informações que sinalizem a expectativa de vendas para este ano, baseado nos índices econômicos.

Em outubro, o Nordeste foi a região menos pessimista, com confiança de 89 pontos (86 em setembro e 68 em outubro/2017). O salto de 21 pontos entre um ano e outro pode ser explicado, em parte, pelo reajuste do Bolsa Família, que elevou significativamente o otimismo dos nordestinos nos últimos meses. O INC do Sudeste foi de 82 pontos (72 em setembro e 68 em outubro passado). “Essa recuperação pode estar ligada à retomada da indústria e à realização do primeiro turno das eleições”, analisa Alencar Burti. Na região Norte/Centro-Oeste, a confiança ficou em 79 pontos (78 em setembro e 74 há um ano). E na região Sul o indicador marcou 74 pontos (81 em setembro e 94 há um ano) ― foi a única região com queda na confiança. Um dos seus estados, o Rio Grande do Sul, sofre com graves problemas fiscais e de gestão pública.

Acim anuncia mais um índice otimista nas vendas
Avalie esta postagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seja um associado

Independente do porte e segmento da sua empresa, na ASSOCIAÇÃO certamente existe um benefício perfeito para vocé

Dúvidas?