Atendimento: [14] 3402-3300

Aprovada contabilidade anual de 2018 da Acim

Reunião com Conselho Fiscal da Acim recomendou aprovação das contas, aceita pela assembleia geral

O Conselho Fiscal da Associação Comercial e Industrial (ACI) de Marília, aprovou a contabilidade do exercício de 2018, no período de janeiro a dezembro, depois de avaliar toda a documentação contábil e emitir um parecer favorável a aprovação para a Assembleia Geral Extraordinária, realizada na última sexta-feira, dia 29, na sede da entidade. “Para cada R$ 1,00 de débito existente a Acim conta com R$ 15,00 de potencial de pagamento”, comparou o presidente da entidade, Adriano Luiz Martins, satisfeito com o voto favorável dos conselheiros e posteriormente a aprovação dos associados. “Continuamos a ter superávit apesar das dificuldades financeiras e principalmente da instabilidade econômica que o País atravessou no ano passado”, comentou o dirigente ao acompanhar toda a apresentação financeira realizada no encontro com conselheiros e associados.

O Conselho Fiscal da Acim é formado pelos empresários: César Jorge Elias José, José Luis Leite, Sérgio Mosquim, Anderson Augusto Fevereiro, Joraci Leati e Sergio Domene, entre titulares e suplentes, que não encontraram nenhuma objeção para aprovação. “Os números estão bem contabilizados, de forma clara e transparente, além dos comparativos que mostram evolução financeira diante da boa gestão que foi realizada no ano passado”, comentou César Jorge Elias José. “Os investimentos realizados, as ações lucrativas e principalmente a estabilidade financeira mês a mês, demonstra confiança na gestão e segurança nos trabalhos”, acrescentou José Luis Leite. “O fato de haver um protocolo de ação na tesouraria faz com que a documentação seja específica e bem objetiva”, resumiu Sérgio Mosquim.

Antes de explicar os dados contábeis, Adriano Luiz Martins fez um resumo das atividades realizadas no ano de 2018, bem como mostrou na prática alguns sistemas de informação que estão ajudando na gestão de pessoas e de negócios na administração atual. “Procuramos otimizar tempo e pessoas, criando sistemas de gestão que ajudam nas decisões mais acertadas, causando o menor risco possível de uma decisão desastrosa”, falou ao apresentar também o trabalho do Departamento Jurídico da entidade que trabalha de forma preventiva. “Isso evita qualquer possibilidade de demanda que geralmente gera custo que não vem existindo”, disse satisfeito ao apresentar crescimento financeiro em todos os serviços oferecidos pela entidade aos associados. “Existem programas que cresceram mais do esperado e outros mais tímidos. Mas cresceram”, falou entusiasmado.

A saúde administrativa da entidade foi percebida por todos como muito positiva. “A situação que a entidade se encontra é invejável”, reforçou Libânio Victor Nunes de Oliveira, que também foi responsável pelos dados superavitários, em virtude de ter sido o presidente da gestão anterior. “O resultado atual é uma mistura da gestão anterior com a atual”, completou o superintendente da entidade, José Augusto Gomes, que fez a apresentação da parte administrativa enquanto que a fiscal e financeira foi feita pelo contabilista, Mário Matarucco, que faz o trabalho contábil da entidade há décadas. “Todos os documentos da contabilidade estão a disposição dos associados, na entidade, a qualquer momento”, avisou o superintendente que tem as explicações necessárias, se forem precisas. “Não existe nenhum financiamento ou dívida a médio ou a longo prazos que nos deixa numa situação mais segura”, resumiu.

Aprovada contabilidade anual de 2018 da Acim
Avalie esta postagem

Seja um associado

Independente do porte e segmento da sua empresa, na ASSOCIAÇÃO certamente existe um benefício perfeito para vocé

Dúvidas?