Atendimento: [14] 3402-3300

Associação Comercial apoia abertura facultativa do comércio

Adriano Luiz Martins, da associação comercial em Marília, participa do debate sobre o Plano Estratégico

O presidente da Associação Comercial e Industrial de Marília, Adriano Luiz Martins, participou do encontro e da criação do Comitê Gestor de combate ao Coronavirus, criado pela Prefeitura de Marília, para analisar e deliberar quanto as ações de combate ao Covid-19, e considerou importante o pacote de medidas anunciado pelo Prefeito Daniel Alonso, principalmente quanto a retomada da economia local, a partir do dia primeiro de abril, quarta-feira. “A abertura facultativa do comércio a partir do dia primeiro de Abril é um avanço, neste novo modelo de enfrentamento a pandemia”, disse o dirigente que participou, inclusive, da entrevista coletiva promovida no final do encontro realizado na Prefeitura de Marília. “Cada comerciante deve analisar individualmente e tomar a decisão”, falou ao resgatar a liberdade de escolha.

De acordo com Adriano Luiz Martins o conflito entre os dois decretos, o Municipal com o Estadual, não é o maior dos problemas do lojista e sim numa relação entre os governos, se houver qualquer fiscalização neste sentido. “O fato do Decreto Estadual dizer uma situação e o Município dizer outra, cabe a ser analisado se houver qualquer manifestação de quem quer que seja”, disse o dirigente da associação comercial que defendeu a livre decisão do lojista de retornar ou não ao trabalho. “Quem resolver abrir a loja deve respeitar todos os itens que constam no Decreto Municipal”, avisou ao lembrar os casos do número de clientes dentro da loja, a distância entre eles, controle de acesso, e demais cuidados a serem tomadas pelos lojistas, que estão especificados no Plano Estratégico – Retomada das atividades econômica em Marília, lançado pela Prefeitura de Marília.

Adriano Luiz Martins lembrou que muitas empresas já promoveram férias coletivas e licenças e que nem todas conseguem retomar ao normal rapidamente e nos próximos dias. “O retorno será gradativo, tanto para comerciantes, comerciários e consumidores”, falou ao observar o grande número de manifestações favoráveis ao retorno do funcionamento do comércio e outras ao contrário. “Infelizmente será tudo lento, mas o importante é as pessoas terem a liberdade de fazerem o que acharem melhor”, disse ao lembrar da importância dos cuidados pessoais para se evitar o contágio e a transmissão, com a higienização profunda e permanente.

As lojas com atividade e os serviços não essenciais, como academias, shopping centers, bares, restaurantes e comercial em geral podem funcionar facultativamente, bem como, atividades do setor hoteleiro, construção civil, serviços em geral, centros de distribuição e depósitos e os serviços autônomos, domésticos e os prestadores por profissionais liberais, estão todas contempladas no Plano Estratégico divulgado pela Prefeitura de Marília, e constam em novo decreto municipal. “Continuamos a disposição dos comerciantes para orienta-los no que for preciso, lembrando que diariamente vivemos situações diferentes”, disse Adriano Luiz Martins que solicita a todos bastante paciência, tolerância, respeito e principalmente discernimento. “Cada um deve saber o que fazer, e devemos respeitar a individualidade de cada um”, defendeu.

Associação Comercial apoia abertura facultativa do comércio
Avalie esta postagem
Siga-nos e curta-nos:

Seja um associado

Independente do porte e segmento da sua empresa, na ASSOCIAÇÃO certamente existe um benefício perfeito para vocé

Dúvidas?