Atendimento: [14] 3402-3300

Associação Comercial produz material para lojistas

Lojas do centro comercial da cidade de Marília serão foco principal da distribuição de cartazes preventivos a saúde

A diretoria da Associação Comercial e Industrial de Marília começa nesta semana a distribuição de material informativo a ser utilizado pelos comerciantes neste período de campanha contra a pandemia do Covid-19, com o objetivo de não haver o retrocesso na classificação do Estado de São Paulo, diante dos critério do “Plano São Paulo”, que determina a flexibilização do comércio em geral durante a quarentena. “Todos os comerciantes receberão material de informação a ser utilizado na loja para informar os consumidores das obrigações exigidas em todos os protocolos de prevenção a saúde”, anunciou o presidente da associação comercial, Adriano Luiz Martins, ao preparar o material com a equipe de comunicação da entidade de forma específica. “O material é de boa qualidade e é para ser usados por todos”, sugere o dirigente que considera importante avançar nas próximas fases do plano estadual.

De acordo com Adriano Luiz Martins é preciso que haja um trabalho em conjunto entre comerciantes, comerciários e consumidores, para que seja possível a ampliação do período de funcionamento das lojas da cidade para seis horas. “Um vigia o outro. Um cuida do outro”, falou ao apontar o uso das máscaras faciais, a higienização pessoal permanente e o distanciamento frequente quanto aos hábitos prioritários. “Queremos mostrar para a população os riscos que os comerciantes correm, caso o consumidor seja flagrado sem máscara”, exemplificou o presidente da associação comercial ao apontar a multa máxima de R$ 1.104,40, caso o fiscal da Prefeitura de Marília elabore o auto de infração. “Nos dias de hoje não se pode correr o menor risco neste sentido”, ressaltou Adriano Luiz Martins que determinou a distribuição para os lojistas associados ou não da entidade. “Não é possível diferenciar, já que todos estão envolvidos”, justificou.

Nos cartazes distribuídos pela associação comercial estão orientações como: lavar as mãos; utilizar álcool em gel, cobrir a boca, não tocar em produtos, não compartilhar qualquer objeto, manter distância pessoal, limite de colaboradores por turno, uso de máscara obrigatório e sinal de sintomas eminentes. “Esses informes devem ficar em locais bem visíveis e servem para todos que estiverem dentro do estabelecimento comercial”, ressaltou o dirigente que procurou enquadrar a informação dentro dos dois decretos: municipal e estadual. “É uma exigência legal, ou seja, a associação comercial está colaborando com os comerciantes para que todos cumprem a lei”, acrescentou Adriano Luiz Martins que inicialmente entregará um exemplar por loja. “Mas dependendo do tamanho da loja podemos entregar mais”, disse.

COMÉRCIO ELETRÔNICO – Paralelamente aos cuidados com as lojas físicas, a diretoria da associação comercial permanece incentivando os comerciantes de Marília a iniciarem as atividades de compra e venda pela internet. “São mais de 400 lojas eletrônicas que estão em plena atividade comercial, utilizando nossa plataforma de e-commerce”, avisou o superintendente da entidade, José Augusto Gomes, ao apontar os endereços eletrônicos para o cadastramento das lojas, gratuitamente, através do portal: www.marilia.dakki.com.br e no www.acim.org.br. “Em Julho termina o prazo da gratuidade para os não associados e em Agosto para os associados”, alertou o dirigente mariliense.

Associação Comercial produz material para lojistas
3 (60%) 1 vote

Seja um associado

Independente do porte e segmento da sua empresa, na ASSOCIAÇÃO certamente existe um benefício perfeito para vocé

Dúvidas?

Acesso a Live: https://forms.gle/ASzRhc3ueVJXgqM5A