Atendimento: [14] 3402-3300

Associação Comercial quer diminuir custo das empresas

Adriano Luiz Martins quer explicar como economizar utilizar energia solar ao invés de elétrica

A diretoria da Associação Comercial e Industrial de Marília quer apresentar nesta próxima quarta-feira, dia 28 de Outubro, as 11 horas, projeto que visa oferecer oportunidade do empresariado em geral diminuir custos com energia elétrica através do sistema fotovoltaico, que tem se mostrado como a melhor opção para a redução de gastos com energia elétrica em São Paulo. “Queremos produzir a própria energia elétrica com a luz do sol”, anunciou Adriano Luiz Martins ao apresentar trabalho realizado na rua XV de Novembro, 551 no Estacionamento Don Italiano, em que 252 placas de captação de energia solar foram instaladas no telhado do estacionamento, que farão a captação de energia solar que serão trocadas por energia elétrica, de acordo com o gasto na sede da associação comercial mariliense. “Vamos oferecer, esta mesma oportunidade, para as empresas de Marília, através do programa Acim Energia Limpa”, comentou o presidente da associação comercial, que explicará detalhes sobre o programa no lançamento a ser realizado para parceiros, diretores, empresários e autoridades local e regional.

De acordo com Adriano Luiz Martins em todos os custos fixos de uma empresa é a energia elétrica a de maior proporção e com aumentos fora do normal. O valor no Estado de São Paulo é considerado elevado por falta de investimento governamental na área, além da escassez de chuvas e as condições dos rios paulistas. “Hoje existe regulamentação da Aneel que permite que empresas fazem a troca de energia com a rede elétrica e passem a gerarem crédito de energia solar para abater do consumo durante a noite ou em dias chuvosos onde a produção de energia solar não é elevada, por exemplo”, comentou o dirigente da associação comercial ao lembrar que a cidade de Guaimbê, próxima a Marília, detém uma das maiores usinas de energia fotovoltaicas do Brasil. “O sistema de energia solar fotovoltaica conectada a rede elétrica é bem semelhante entre uma residência, empresa ou indústria”, disse Adriano Luiz Martins ao considerar uma excelente oportunidade de investimento e de benefício para a cidade com a utilização da considerada energia limpa. “Uma tendência em um País continental como o Brasil, que pode captar energia do sol e do vento em grande quantidade”, acredita o dirigente mariliense ao enxergar o município de Marília entre os locais de melhor captação de energia solar do Estado de São Paulo.

A energia solar é considerada como renovável, pois, é criada a partir do calor do sol, ou seja, enquanto houver luz solar, esta energia pode continuar a ser usada. Além disso, ela é uma energia sustentável e possui baixo impacto ambiental, portanto, a energia solar é uma fonte de energia renovável e limpa. “O potencial da energia solar é tão grande que estima-se que se toda a energia do sol fosse aproveitada seria suficiente para gerar mais de 1800 vezes a energia consumida no mundo”, compara Adriano Luiz Martins. “A energia solar é considerada como energia renovável, pois, os raios do sol nunca se esgotarão e sim se intensificarão, como vem acontecendo”, falou ao iniciar o processo de utilização de energia limpa na própria sede da entidade. “A associação comercial já está trocando energia solar por energia elétrica”, anunciou.

No evento a ser organizado a empresa Teravolt, parceira da associação comercial, explicará o funcionamento do programa Acim Energia Limpa, quando 450 empresas poderão se beneficiar com o sistema, num prazo de três meses. Além disso, Adriano Luiz Martins explicará como será o sistema a ser utilizado pela associação comercial, que servirá de modelo para outras empresas de Marília e região que desejarem optar por este novo sistema.

Associação Comercial quer diminuir custo das empresas
Avalie esta postagem
Siga-nos e curta-nos:

Seja um associado

Independente do porte e segmento da sua empresa, na ASSOCIAÇÃO certamente existe um benefício perfeito para vocé

Dúvidas?