Atendimento: [14] 3402-3300

Comerciantes propõem o comércio das 9 as 17 horas

Adriano Luiz Martins, atende solicitação de comerciantes e propõe período das 9 as 17 horas para o comércio de Marília

Reunião realizada na sede da Associação Comercial e Industrial de Marília na segunda-feira, dia 11, com um grupo de lojistas, decidiu propor ao Prefeito Daniel Alonso, o funcionamento do comércio neste período de quarentena imposta pelo Governo do Estado de São Paulo, em virtude da contaminação da Covid-19, o horário das 9 as 17 horas, dentro do período das 8 horas impostas pelo Decreto Estadual, para o abertura das lojas. “O argumento é de que as lojas querem atender de forma diferenciada os aposentados e pensionistas que preferem o horário mais cedo”, anunciou o presidente da associação comercial mariliense, Adriano Luiz Martins, ao mudar o calendário que estava previsto das 10 as 18 horas, para das 9 as 17 horas. “Infelizmente esta pandemia causa estas incertezas, indefinições e dúvidas sobre o horário de funcionamento do comércio em geral”, lamentou o dirigente ao admitir que as mudanças frequentes e constantes são prejudiciais no contexto do comércio varejista.

Com o anúncio na última sexta-feira, dia 08, por parte do Palácio dos Bandeirantes, de que a região de Marília foi rebaixada para a fase laranja, e anunciar as mudanças de avaliação e critérios por parte do Plano São Paulo de combate a pandemia, as lojas devem funcionar em intervalos de oito horas e não mais de 10 horas, como na fase amarela. “A compreensão é de que o período de preferência dos aposentados e pensionistas é matutino, e como a ideia é evitar aglomeração, chegamos a conclusão de que o melhor período para Marília será das 9 as 17 horas”, explicou Adriano Luiz Martins, ao providenciar o pedido junto a Prefeitura de Marília, que atendeu de imediato. “É importante que todos tenham a paciência, afinal, o objetivo geral é buscar o melhor comportamento para a maioria”, frisou.

A mudança do período de 10 para 8 horas ao dia não interfere muito no volume de vendas, mas sim no movimento das lojas, porém, o momento de abrir e de fechar alterar o comportamento interno da loja. “Com a mudança do período, vamos funcionar das 9 as 17 horas de segunda a sábado”, anunciou Adriano Luiz Martins que no calendário anterior tinha o período das 9 as 13 horas para os sábados, dias: 16, 23 e 30, que foram alterados. “Agora, a partir da terça-feira, dia 12, o comércio funciona das 9 as 17 horas, de segunda a sábado em todo o mês de Janeiro”, reforçou o presidente da associação comercial ao atender a solicitação dos comerciantes que apresentaram a proposta aceita e encaminhada para o Poder Executivo. “Até a reclassificação em fevereiro pelo Governo do Estado, a pedido dos comerciantes, o comércio de Marília funcionará das 9 as 17 horas, exceto nos domingos em que as lojas dos principais corredores comerciais da cidade estarão fechadas”, determinou o dirigente após reunião com os comerciantes localizados nos principais centros de lojas da cidade, uma vez que, as lojas nos shoppings e galerias, ainda estão discutindo o melhor período de 8 horas para funcionarem.

Independentemente do funcionamento das lojas no comércio de Marília, Adriano Luiz Martins reforça a necessidade dos lojistas analisarem a possibilidade de passarem a atender, também, pela internet, através do e-commerce. Uma plataforma eletrônica foi desenvolvida pela associação comercial, através do endereço: www.marilia.dakki.com.br, em que o comércio eletrônico é desenvolvido qualquer hora do dia, em qualquer dia da semana. “Através da nossa plataforma o lojista pode vender na loja física e na loja virtual, sem ficar na dependência do período de funcionamento da loja física”, argumentou Adriano Luiz Martins que conta com mais de 200 lojas já realizando as vendas eletronicamente através dos cartões de crédito e débito, além dos boletos bancários. “O varejo não pode mais ficar refém destas mudanças constantes”, disse.

 

Comerciantes propõem o comércio das 9 as 17 horas
Avalie esta postagem
Siga-nos e curta-nos:

Seja um associado

Independente do porte e segmento da sua empresa, na ASSOCIAÇÃO certamente existe um benefício perfeito para vocé

Dúvidas?