Atendimento: [14] 3402-3300

Comércio continua com atendimento normal até dia 30

As vendas no “Black Friday” já começaram em muitas lojas da cidade de Marília que estão em promoção

 

O presidente da Associação Comercial e Industrial de Marília, Adriano Luiz Martins, considerou como normal a manutenção do horário do comércio em período de 10 horas seguidas, como vinha sendo desenvolvido, anunciado pelo Governador do Estado de São Paulo, João Dória Júnior, em entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo, na segunda-feira, dia 16. A expectativa era de uma liberação do horário de atendimento, já na fase verde do Plano São Paulo de combate à Covid-19, que acabou não acontecendo. “Menos mal. O pior seria o retrocesso de fase o que impactaria negativamente o comércio varejista em geral, principalmente nesta época importante para as vendas”, disse ao temer pelo pior.

Com a decisão do Palácio dos Bandeirantes em reavaliar a performance do combate à pandemia dia 30 de Novembro, segunda-feira, a campanha do “Black Friday” está mantida com as lojas fixas abertas das 8 as 18 horas, enquanto que as lojas virtuais, com atendimento 24 horas por dia, de segunda a domingo. “Isso foi um alívio, afinal, existia possibilidade após as eleições municipais, surgir uma surpresa em que as lojas voltariam para o atendimento de quatro horas o período”, disse Adriano Luiz Martins que acredita na superação do varejo nesta época de pandemia. “Estamos retomando a economia de forma lenta e gradual”, defendeu o empresário que está como presidente da associação comercial, de vice-presidente da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp) e presidente do Conselho de Desenvolvimento e Estratégia de Marília (Codem).

Com esta definição por parte do Plano São Paulo de combate à Covid-19, o horário de funcionamento do comércio de Marília está mantido pela associação comercial, principalmente o atendimento especial aos sábados, com os das 21 e 28 alternados, ou seja, no dia 21 das 9 as 13 horas e no dia 28 das 9 as 17 horas. “O demais dias das semana as lojas funcionam das 8 as 18 horas”, reforçou José Augusto Gomes, superintendente da entidade que representa os empreendedores de Marília. “Temos que seguir o que determina o Plano São Paulo de combate à Covid-19”, enfatizou novamente ao também considerar a manutenção de 10 horas o período do comércio funcionamento como menos mal. “No atualmente momento o que de pior pode acontecer é o retrocesso nas fases do plano”, disse ao ter a expectativa de estar na fase verde em breve, com a liberação total das atividades no varejo.

Apesar da campanha “Black Friday” ser genuinamente voltada ao comércio eletrônico, as lojas fixas absorveram o foco da campanha e também promovem vendas de forma diversificada com preços convidativos. “É uma preliminar para o Natal”, afirmou Adriano Luiz Martins ao notar as coincidências sendo a ultima sexta-feira do mês de Novembro, com a maioria das lojas efetuando a primeira parcela de pagamento salarial do 13º salário, e na semana seguinte as promoções para o Natal em todo o mês de Dezembro. “Sem dúvida a “Black Friday” se tornou forte dentro do calendário do comércio, por causa da época que acontece ser bastante propícia”, disse ao notar crescimento nas vendas neste período e queda durante o mês de Dezembro. “É uma antecipação nas vendas e não um novo período para vender”, afirmou ao fazer o alerta entre os lojistas.

Comércio continua com atendimento normal até dia 30
Avalie esta postagem
Siga-nos e curta-nos:

Seja um associado

Independente do porte e segmento da sua empresa, na ASSOCIAÇÃO certamente existe um benefício perfeito para vocé

Dúvidas?