Atendimento: [14] 3402-3300

Comércio cria plano de ação com horário e atendimento

Reuniões aconteceram durante todo o dia, para anunciar o plano de ação que será colocado em prática a partir de segunda-feira

Associação Comercial e Industrial de Marília, Procon e Prefeitura de Marília estiveram durante todo o dia da última quinta-feira, se reunindo para definir um plano de ação para combater a pandemia de Covid-19 (Coronavirus), declarada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) no Mundo, e esclarecer a população em geral sobre os horários e o atendimento no varejo mariliense. “Precisamos criar mecanismos de sustentabilidade para a economia, afinal, um depende do outro”, disse Adriano Luiz Martins que esteve reunido com o Prefeito Daniel Alonso, com o Secretário de Desenvolvimento, Nelson Moura, e com o representante do Procon, Guilherme Moraes e traçaram uma estratégia para o período de 23 de Março a 07 de Abril, com horários alternativos de funcionamento do comércio, temporariamente.

Nestes 15 dias as lojas do comércio de Marília funcionarão de segunda a sexta-feira das 11 as 17 horas (6 horas por dia), e aos sábados das 9 as 13 horas (4 horas), utilizando o banco de horas. “O objetivo é evitar demissões e estimular o cumprimento de férias e licenças”, defendeu Adriano Luiz Martins que admite situação delicada por parte do empresariado. “Não vamos discutir alteração em salário, dispensa ou até mesmo fechamento”, destacou o presidente da associação comercial, que mesmo observando as questões jurídicas evitou colocar estes assuntos em pauta. “Queremos adequar a situação com a ajuda de todos: empregadores e empregados, com foco principal no consumidor”, falou ao sugerir o término da jornada as 17 horas, exatamente para se evitar aglomerações.

Diante da polêmica criada diante da atitude de algumas cidades que adoram medidas mais drásticas, a Associação Comercial e Industrial de Marília promoveu uma reunião técnica sobre o assunto, na sede da entidade, assessorada por advogada e jornalista, avaliando as medidas possíveis, quando elaborou a proposta a ser apresentada na sequência ao Prefeito Daniel Alonso, no gabinete da Prefeitura de Marília, com alguns secretários e o presidente da Câmara Municipal, Marcos Rezende. No período da tarde foi realizada uma transmissão “ao vivo”, pelo Facebook, entre os agentes envolvidos, acrescidos de representantes do Sindicato do Comércio Varejista e do Sindicato dos Hotéis, Bares e Restaurantes, quando cada um expôs a questão e ainda responderam uma série de questionamentos de jornalistas e internautas. “Foi uma excelente oportunidade de esclarecimento e de mostrar que estamos preocupados e tentando equacionar a situação que fique bem para todos”, defendeu Adriano Luiz Martins que reconhece ser uma situação de difícil solução diante da instabilidade social que a pandemia tem proporcionado.

Dia 06 de Abril, segunda-feira, novo encontro será realizado, quando os 15 dias anteriores serão avaliados e decidido o que será feito em novo período. “Não tem como fazer previsão maior que isso”, disse o presidente da associação comercial atento aos acontecimentos econômicos e defensor da manutenção do emprego, da renegociação das dívidas e da simplificação do acesso a crédito para as empresas. “Todos terão que se esforçar”, avisou. “O problema é sério, a situação é grave e o período de recuperação será longo”, disse ao solicitar apoio, compreensão, tolerância e paciência de todos os segmentos. “Somente juntos vamos superar esta situação”, falou ao dizer que o novo horário de atendimento, começa na segunda-feira, dia 23.

Comércio cria plano de ação com horário e atendimento
Avalie esta postagem

Seja um associado

Independente do porte e segmento da sua empresa, na ASSOCIAÇÃO certamente existe um benefício perfeito para vocé

Dúvidas?

Acesso a Live: https://forms.gle/ASzRhc3ueVJXgqM5A