Atendimento: [14] 3402-3300

Comércio de Marília abre na quarta de cinzas ao meio dia

José Augusto Gomes e Adriano Luiz Martins, ambos da associação comercial, falam sobre o calendário de fevereiro.

O mês de Fevereiro marca a volta as aulas como tema principal das lojas do comércio de Marília, porém, é o Carnaval que faz mudar o horário especial de atendimento, com o fechamento das lojas na terça-feira, dia 25, e a abertura do comércio no dia seguinte, dia 26, a partir do meio dia, com a celebração da quarta-feira de cinzas. “Essa é a tradição do comércio varejista e assim está sendo respeitado no calendário de funcionamento do varejo mariliense”, disse o presidente da Associação Comercial e Industrial de Marília, Adriano Luiz Martins, ao verificar no calendário do mês de Fevereiro a disposição dos dias decidido na assembleia geral extraordinária, realizada no mês de Novembro do ano passado, quando foi decidido o calendário de 2020.

De acordo com o combinado, as lojas do comércio de Marília abrirão nos dias 01 e 08 de Fevereiro no período das 9 as 17 horas, com os tradicionais dois primeiros sábados de cada mês, com os três seguintes, nos dias 15, 22 e 29, com o funcionamento das 9 as 13 horas. “A partir do mês de Março serão três sábados por mês”, apontou José Augusto Gomes, superintendente da associação comercial, ao verificar, também, no calendário definido e divulgado sobre a temporada de 2020. “Dia 25 o comércio fecha e dia 26 o funcionamento é em meio período”, ratificou Adriano Luiz Martins ao contabilizar no mês de Fevereiro apenas 18 dias úteis com as lojas em funcionamento das 8 as 18 horas. “O mês já é curto por natureza, e ainda temos as festividades de carnaval e alteram o ambiente normal dos dias de trabalho”, comentou.

A abertura das lojas de maneira facultativa é uma possibilidade que alguns lojistas consideram viável. Isso implica em algumas obrigatoriedades trabalhistas desde o ponto de vista financeiro, até mesmo na questão das folgas combinadas, na relação entre empregadores e empregados. “Qualquer comerciante pode abrir o dia e quando quiser, desde que se responsabilize pelo cumprimento do dissídio coletivo de trabalho”, alertou Adriano Luiz Martins, ao lembrar da Lei da Liberdade Econômica que facilita a abertura de lojas em dia e horário alternativos. “O calendário é uma combinação com a maioria, afinal, é um risco uma loja abrir, enquanto que a maioria estiver fechada”, ressaltou o dirigente da associação comercial ao enfatizar a importância da divulgação aos consumidores sobre o horário de atendimento das lojas. “Daí o sucesso do nosso calendário, onde o horário e o dia, estão especificados com relação a maioria”, justificou o dirigente mariliense.

CAMPANHAS PUBLICITÁRIAS – Visando reforçar o horário de funcionamento do comércio em geral, o presidente da associação comercial solicita aos comerciantes que reforcem nas propagandas das lojas, o horário em que o comércio funcionará de forma constante. “Isso ajuda muito”, disse Adriano Luiz Martins que direciona em todas as mídias utilizadas pela entidade a informação do calendário de funcionamento do comércio de Marília. “Fazemos isso há muitos anos e a ajuda dos comerciantes nas propagandas das lojas será sempre bem-vinda em virtude de que: quanto mais o consumidor souber, melhor para todos”, disse o dirigente mariliense.

Comércio de Marília abre na quarta de cinzas ao meio dia
Avalie esta postagem

Seja um associado

Independente do porte e segmento da sua empresa, na ASSOCIAÇÃO certamente existe um benefício perfeito para vocé

Dúvidas?