Atendimento: [14] 3402-3300

Comitiva de Marília conhece modelo de conselho local

Reunião em Maringá apresentou proposta de um conselho formado por representantes de entidades de Marília

 

Uma comitiva de aproximadamente 50 pessoas esteve na cidade de Maringá, ao norte do Paraná, nas dependências da Associação Comercial de Maringá, sede do Conselho de Desenvolvimento Econômico de Maringá (Codem), conhecendo internamente este grupo de pessoas interessadas no desenvolvimento daquela cidade. Criado na década de 90 para auxiliar a administração pública, o Codem ajuda a projetar a cidade paranaense para o futuro socioeconômico. “Este conselho tem caráter deliberativo e consultivo para formular e fazer executar as políticas de desenvolvimento econômico da cidade”, disse entusiasmado, Adriano Luiz Martins, presidente da Associação Comercial e Industrial (ACI) de Marília, presente no encontro realizado juntamente com outros líderes marilienses.

De acordo com o dirigente da associação comercial de Marília o futuro Conselho de Desenvolvimento Econômico local seria regulamento por lei municipal com as atribuições devidamente claras. “O Codem em Maringá surgiu a partir de um movimento da sociedade organizada de Maringaense, denominado “Repensando Maringá”, com o objetivo de discutir, com base nos indicadores econômicos da cidade, a falta de planejamento futuro; a descontinuidade das ações dos governos na cidade; da indignação e da capacidade de mobilização da comunidade”, disse José Carlos Valêncio, presidente da associação comercial de Maringá. “Foram realizadas inúmeras reuniões com participações de Lions, Rotarys, Lojas Maçônicas, Sindicatos, Associações e outras entidades da Sociedade Civil, e em 1996 foi desenvolvido o Codem”, recordou o dirigente paranaense. “Foi criado por Lei Municipal (4275/96, de 17/09/96), com caráter deliberativo e consultivo e com a finalidade de propor e fazer executar política de desenvolvimento econômico, constituído por entidades representativas dos diversos segmentos organizados da sociedade”, completou José Carlos Valêncio que recepcionou todos os marilienses que participaram da comitiva organizada pela associação comercial de Marília, num dia inteiro de visitações e reuniões segmentadas.

O Codem de Maringá, que pode servir de modelo para um Codem de Marília, conta com uma Diretoria, um plenário e 11 Câmaras Técnicas Setoriais. Entre as funções que o Codem tem, uma delas é a atribuição de gerir o Fundo Municipal de Desenvolvimento Econômico (FMD). “As atribuições do Codem são exercidas em parceria com entidades da sociedade civil e poder público”, ressaltou José Carlos Valêncio. “Os projetos ou estudos propostos pelo Codem são analisados e deliberados por um plenário composto por 14 entidades, 22 membros titulares e mais 18 membros suplentes”, apontou. “O Prefeito Municipal ocupa o cargo de Presidente de Honra”, destacou ao enfatizar que o conselho é para ajudar qualquer prefeito no cumprimento do mandato.

Esta é a segunda iniciativa que a associação comercial de Marília faz em favor de um possível Codem em Marília. A primeira foi a realização de uma palestra, em dezembro, na sede da Acim, com o prefeito de Maringá, Silvio Barros, que instituiu o Codem em Maringá, na década de 90. “Nosso próximo passo será discutir com os segmentos de Marília como iremos nos organizar neste sentido”, falou Adriano Luiz Martins que pretende marcar para breve um novo encontro para começar a escrever as normas da futura organização desenvolvimentista de Marília. “Nossa atuação será regional”, acrescentou Adriano Luiz Martins entusiasmado com a proposta e o interesse de mais pessoas na criação de um fórum permanente de discussão sobre o desenvolvimento de Marília e região.

Comitiva de Marília conhece modelo de conselho local
Avalie esta postagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seja um associado

Independente do porte e segmento da sua empresa, na ASSOCIAÇÃO certamente existe um benefício perfeito para vocé