Atendimento: [14] 3402-3300

Conselho Fiscal dá parecer sobre movimentação financeira

Reunião virtual realizada pelo Conselho Fiscal, prepara documentação para a assembleia da segunda-feira

O Conselho Fiscal, contabilistas, gestores, advogados e executivos da Associação Comercial e Industrial de Marília estiveram reunidos na sede da entidade analisando a movimentação financeira da entidade de Janeiro a Dezembro do ano passado, para ser analisada pelos associados da entidade, na Assembleia Geral Extraordinária, que acontece na segunda-feira, dia 13, quando todos os comerciantes que fazem parte da entidade avaliarão o parecer produzido. “Foi uma reunião demorada, detalhada e minuciosamente discutida”, definiu Adriano Luiz Martins, presidente da diretoria executiva da entidade ao acompanhar e justificar toda a análise realizada pelos especialistas. “É um dos encontros que mais gosto, pois, além de ser técnico é a oportunidade de destrinchar detalhes importantes no trabalho de gestão”, falou o dirigente.

Participaram do encontro remoto os conselheiros fiscais eleitos: César Jorge Elias José, Sérgio Domene e José Luis Leite, além do contabilista responsável, Mário Augusto Matarucco; os diretores Gilberto Joaquim Zochio e Reinaldo Miguel, bem como o superintendente José Augusto Gomes e a advogada Maria Regina Borba Silva. “Examinamos as Demonstrações Financeiras da Associação Comercial e Industrial de Marília, encerradas nos dias 01 de janeiro de 2019 a 31 de dezembro de 2019 e não encontramos nada que pudesse deixar dúvidas quanto à forma e conduta dos lançamentos contábeis”, escreveu os analistas em parecer a ser apresentado na assembleia de segunda-feira. “Os valores apresentados nos relatórios demonstram os valores investidos até a referida data de encerramento, determina as contas de forma clara e precisa e não aparece nenhum dado que pudesse despertar qualquer dúvida sobre a sua origem ou a determinação do seu resultado”, completou o documento.

De acordo com o parecer do Conselho Fiscal da Associação Comercial e Industrial de Marília, não existe “nada a acrescentar, dando como aceitas por este Conselho Fiscal as contas aqui apresentadas e afirmamos que nosso trabalho de verificação se ateve às demonstrações registradas e apresentadas”. Para o presidente da entidade o parecer seguiu critérios rígidos e nenhuma dúvida deixou de ser esclarecida. “Fico feliz pela auditoria realizada, deixando nossa diretoria tranquila do dever cumprido”, agradeceu Adriano Luiz Martins que pouco interviu no debate, diante da presença de todos os envolvidos na gestão administrativa da entidade. “Agora toda a documentação utilizada ficará disponível para os associados na assembleia de segunda-feira que será virtual”, acrescentou o dirigente satisfeito com o encontro realizado.

Um ponto importante observado pelo superintendente da associação comercial, José Augusto Gomes, é que todos os cálculos são feitos de forma objetiva e prática, conforme a manifestação do próprio conselho fiscal. “Foi utilizado o método de Análise por Quocientes, e, diante disso, podemos garantir a manutenção da solvência da Associação Comercial e Industrial de Marília neste ano que passou, através dos quocientes determinativos da capacidade de pagamento”, documentou o parecer. “Dando cumprimento à exigência estatutária, firmamos o presente Parecer do Conselho Fiscal”, resumiu ao aprovar as contas e aguardar a manifestação dos associados.

Conselho Fiscal dá parecer sobre movimentação financeira
Avalie esta postagem
Siga-nos e curta-nos:

Seja um associado

Independente do porte e segmento da sua empresa, na ASSOCIAÇÃO certamente existe um benefício perfeito para vocé

Dúvidas?