Atendimento: [14] 3402-3300

Consultas entre empresas crescem no último bimestre

Manoel Batista de Oliveira, vice-presidente da associação comercial, fala sobre os números do SCPC Empresarial

Manoel Batista de Oliveira, vice-presidente da associação comercial, fala sobre os números do SCPC Empresarial

Levantamento realizado pelo Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC) da Associação Comercial e Industrial de Marília, mostra números crescentes nos meses de Novembro e Dezembro quanto as consultas cadastrais entre empresas. “Isso quer dizer que houve uma retomada entre as operações comerciais entre empresas”, disse o vice-presidente da entidade mariliense, Manoel Batista de Oliveira, ao tomar conhecimento dos dados apresentados pelo órgão consultivo. “Foram 5.798 consultas nos últimos dois meses do ano passado, diante das 5.374 consultas entre CNPJ´s realizados nos meses de Novembro e Dezembro de 2019”, pontuou o dirigente que acredita na retomada dos negócios empresariais.

O SCPC da associação comercial local é capaz de fornecer informações cadastrais de empresas que atuam no varejo em geral. São informações importantes e necessárias para se ter segurança na negociação. “Muitos empresários utilizam esta ferramenta para uma decisão mais precisa ao fechar alguma operação comercial”, comentou Manoel Batista de Oliveira que acredita ser uma excelente ferramenta de proteção contra a inadimplência entre empresas. “Da mesma forma que é possível conhecer o perfil do consumidor ao fornecer crédito, é possível saber se a empresa é segura ou não para uma negociação”, disse o empresário ao sugerir para que todos façam a consulta e evitem a inadimplência.

De acordo com o levantamento mensal realizado pelo órgão consultivo de Marília, nos seis meses de atividades do comércio: Janeiro, Fevereiro, Setembro, Outubro, Novembro e Dezembro, foram realizadas 18.666 consultas entre empresas. Isso significa (-)1,49% no comparativo entre os anos de 2019 e 2020. “Mas é importante destacar que nos meses de Setembro, Outubro, Novembro e Dezembro de 2020 estávamos em período de quarentena, ou seja, uma época muito ruim e restritiva de negociação”, apontou Manoel Batista de Oliveira ao considerar positiva a informação, apesar da queda no comparativo. “No ano passado, nestes seis meses, foram realizadas 18.948 consultas empresariais”, declarou ao mostrar a pouca diferente entre um ano e outro.

Outro aspecto lembrado pelo dirigente da associação comercial é que nos meses de Setembro e Outubro, quando foram apresentadas as maiores quedas, com (-)1,08% em Setembro e (-)12,33% em Outubro, na quarentena ainda não havia a flexibilização. “O comércio já retomou mesmo quando passamos a abrir as lojas em curto período de quatro, seis, oito e no final 10 horas”, lembrou ao recordar as dificuldades que o varejo sofreu na temporada de 2020, considerado, naturalmente, o pior ano da história entre os lojistas. “Por isso as comparações devem ser comedidas”, lembrou ao ter no mês de Janeiro o mês de maior número de consultas cadastrais entre as empresas: 3.377 consultas realizadas em 2020, diante das 3.149 consultas realizadas em 2019, com elevação de 7,24% no comparativo.

Consultas entre empresas crescem no último bimestre
Avalie esta postagem
Siga-nos e curta-nos:

Seja um associado

Independente do porte e segmento da sua empresa, na ASSOCIAÇÃO certamente existe um benefício perfeito para vocé

Dúvidas?