Atendimento: [14] 3402-3300

Consumidores animados com entrega de flores e música

Distribuição de rosas no centro comercial foi realizada por representes da Acim, Unimed e Tiro de Guerra

Consumidores e lojistas aprovaram a distribuição de flores nos principais corredores comerciais da cidade no último dia 11, sábado, quando representantes da Associação Comercial e Industrial (ACI) de Marília, Unimed de Marília e atiradores do Tiro de Guerra, estiveram distribuindo centenas de flores para consumidores em geral que circulavam nos corredores comerciais no último sábado pela manhã, numa iniciativa de 23 anos em que os parceiros de organizam no sentido de entregar um botão de rosa para as mulheres que são mães, e que estiverem visitando as lojas da cidade. “Uma ação agradável que atinge todas as pessoas que procuram neste dia, com a flor, homenagear a mãe pela passagem do dia”, disse o presidente da associação comercial local, Adriano Luiz Martins, que esteve com parte da diretoria da entidade participando da atividade com os demais parceiros.

Com a presença da Banda Marcial “Cidade de Marília”, durante a exibição da banda musical no calçadão da Rua São Luiz, o pessoal da Acim e da Unimed de Marília entregavam as rosas para os consumidores em geral. “O foco era as mulheres e mães, mas todos pediam a rosa pra levar pra casa, inclusive”, comentou João Gonçalves, diretor da associação comercial que participa da entrega em todos os anos. “Procuramos não entrar dentro das lojas para não tumultuar”, comentou José Augusto Gomes, superintendente da entidade, que também participa anualmente da atividade que acontece desde 1996, juntamente com a Unimed de Marília. “A data foi destacada, por ser a segunda mais importante do nosso calendário, que merece essa ênfase, inclusive com o funcionamento das lojas na sexta-feira, dia 10, até as 22 horas”, lembrou Adriano Luiz Martins ao destacar ação semelhante no período da noite para o Dia dos Pais.

Apesar da queda observada nas vendas do varejo no mês de março, na ordem de 4,5%, frente a igual mês do ano passado, conforme divulgou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), apesar de elevada, não surpreende. “Nosso Balanço de Vendas da capital já havia registrado queda de 4,4% em março, ou seja, já imaginávamos que o fato de o Carnaval ter caído nesse mês provocaria uma retração no setor”, disse o economista da ACSP, Marcel Solimeo, acreditando que os problemas do varejo vão além do Carnaval. “Há questões estruturais da economia que vêm restringindo a capacidade do comércio de crescer, como o desemprego alto, a queda na confiança do consumidor em março e os salários que cresceram pouco”, analisa o dirigente da capital paulista, que chama a atenção para o recuo no ramo supermercadista, que apresentou queda de 5,7%, por causa da alta pontual no preço dos alimentos.

Para Adriano Luiz Martins as vendas neste Dia das Mães foi considerado boas porém, as pesquisa ainda não foram divulgadas sobre o índice de crescimento. “Acredito que tenhamos atingido os 3% como esperado”, calcula o dirigente mariliense ao compartilhar o sucesso da atividade do final de semana com o presidente da Unimed de Marília, Cleber Gustavo Rotoli Baldelin e Luiz Sérgio Marangão Filho, ambos da Unimed de Marília, a excelente reação positiva da comunidade com a atividade realizada em conjunto, com a entrega das rosas para as consumidoras e nos hospitais, maternidade e asilos da cidade. “Uma atividade que se mantém por tanto tempo só pode ser um gesto querido e esperado pela comunidade”, falou o presidente da cooperativa de trabalhos médicos de Marília, presente na distribuição das rosas no centro comercial.

Consumidores animados com entrega de flores e música
Avalie esta postagem

Seja um associado

Independente do porte e segmento da sua empresa, na ASSOCIAÇÃO certamente existe um benefício perfeito para vocé

Dúvidas?