Atendimento: [14] 3402-3300

Diretoria se reúne e avalia serviços e atividades

Reunião realizada na Acim com parte da diretoria, coloca assuntos de conhecimento dos diretores

Parte da diretoria da Associação Comercial e Industrial (ACI) de Marília esteve reunida na sede da entidade para uma série de avaliações sobre serviços que estão sendo realinhados e atividades que estão sendo programadas para o segundo semestre deste ano. “O encontro é realizado regularmente para que os diretores tenham conhecimento do que está acontecendo e o que deve ser feito futuramente”, comentou Libânio Victor Nunes de Oliveira que adquiriu o hábito de reunir a diretoria bimestralmente como forma de interagir nas decisões mais delicadas. “É uma prestação de contas do que está sendo feito”, comentou o dirigente que está na presidência da entidade desde 2012.

O maior tempo da reunião foi dedicado ao relacionamento que o presidente da Acim e o superintendente da entidade, José Augusto Gomes, estão tendo quanto a renovação do contrato com a Boa Vista Serviços, que detém a marca do Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC), que desenvolve o sistema sobre a informação cadastral de pessoas e empresas com restrição. “As associações comerciais é quem abastece o banco de dados, porém, é a Boa Vista Serviços que realiza a informatização do sistema, disponibilizando várias informações de forma nacionalizada”, explicou de maneira simples, o superintendente José Augusto Gomes, que vem participando de um comitê estadual que analisou o contrato e orientou a renovação. “Marília, depois de muita discussão, renovará o contrato com a Boa Vista”, anunciou Libânio Victor Nunes de Oliveira feliz com o fim das negociações que estavam desgastantes.

Outro ponto que tomou bom tempo foi quanto as explicações sobre a “Lei do AR”, ou seja, a necessidade do recebimento registrado das correspondências sobre o anúncio do encaminhamento do nome do usuário inadimplente ao banco de dados do SCPC. “Isto além de encarecer, cria uma série de dificuldades burocráticas que inviabiliza o sistema”, afirmou Libânio Victor Nunes de Oliveira que esteve em dezenas de reuniões e encontros sobre o assunto, até mesmo, na Assembleia Legislativa, em São Paulo, num movimento de pressão junto aos Deputados Estaduais. “Está cansativo, mas acredito estar no final”, comentou o presidente da Acim que espera para as próximas semanas a votação na Assembleia Legislativa da lei que simplificará o sistema a baixo custo para o comerciante.

As parcerias foram mantidas, principalmente com a Prefeitura de Marília e com o Escritório Regional do Sebrae em Marília, que passou a ter novo gerente. “Dois dos principais parceiros que temos e que vamos intensificar as nossas ações”, anunciou Libânio Victor Nunes de Oliveira que no encontro com a diretoria comentou sobre o trabalho com a Prefeitura, que depois de seis meses do Governo Daniel Alonso, agora passa a ser o momento das ações efetivas. “Penso que o nosso prefeito agora saiba a realidade da administração pública e as parcerias serão mais efetivas”, defende. “Quanto ao Sebrae, sempre foi e sempre será, um parceiro importante pelo conhecimento empreendedor que detém e disponibiliza ao setor empresarial”, falou ao comentar no encontro realizado detalhes sobre o ACCrédito, ACEducação, ACAlimentação, Junta Comercial, Departamento Jurídico, Campanhas Promocionais e sobre a Facesp. “As atividades são intensas na Acim e tudo isso precisa ser compartilhado”, falou o presidente da entidade.

Diretoria se reúne e avalia serviços e atividades
Avalie esta postagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seja um associado

Independente do porte e segmento da sua empresa, na ASSOCIAÇÃO certamente existe um benefício perfeito para vocé