Atendimento: [14] 3402-3300

Dirigentes lamentam falecimento de ex-presidente

No aniversário de 80 anos, Libânio Nunes de Oliveira, homenageou Carlos Spressão, que esteve presente na cerimônia

A diretoria da Associação Comercial e Industrial de Marília lamentou de forma profunda, o falecimento do presidente da entidade, Carlos Spressão, aos 91 anos de idade, que esteve na presidência da entidade associativa em duas oportunidades: nas gestões 1964-1965 e 1970-1971. “Marcou história em nossa entidade, afinal, além de presidente ocupou diversos cargos importantes na diretoria executiva”, disse com pesar o atual presidente, Adriano Luiz Martins, que teve a oportunidade de conhece-lo no aniversário de 80 anos da associação comercial, quando a maioria dos presidentes de diretoria estiveram presentes. “Ele me chamou a atenção pela vitalidade e pela admiração que tinha pela nossa instituição”, recordou o dirigente atual ao homenagear o ex-presidente que dedicou parte da vida a associação dos comerciantes. “E por coincidência do destino, ele faleceu justamente no dia do comerciante”, apontou Adriano Luiz Martins.

O coordenador do programa Acim-Med, João Gonçalves, recordou momentos importantes em que Carlos Spressão foi decisivo para a associação comercial. “Ele foi um presidente muito cauteloso, bastante seguro nas decisões e era bastante admirado pelos comerciantes da cidade”, ressaltou João Gonçalves que completará em breve 50 anos de participação na entidade, e esteve com Carlos Spressão formando outras diretorias. “Tanto era admirado que ocupou a presidência por duas vezes, em épocas distintas”, falou o dirigente atual ao lembrar que naquela época a gestão era de dois anos, por isso a rotatividade bastante frequente das pessoas no cargo. “Não se pensava em reeleição”, disse ao lembrar o hábito da época.

Para Subhi Ahmad Khalil Abu Khalil, outro diretor da Acim com muitos anos de participação na entidade associativa, também recordou do ex dirigente que foi muito participativo na diretoria da Acim. “Mesmo sendo do ramo de cereais, ele dedicava muito tempo para a associação comercial”, falou o atual diretor da associação comercial, que na época era mais jovem e admirava os comerciantes que tinham coragem de ser presidente de uma entidade como a Acim. “Não é fácil ser presidente de uma instituição como a nossa, desde aquela época”, ressaltou Subhi Ahmad Khalil Abu Khalil que tem quase cinco décadas dedicadas a associação dos comerciantes marilienses. “Carlos Spressão representava muito bem a nossa classe, por isso sempre esteve presente nas diretorias da entidade”, falou em tom saudosista, mesmo não trabalhando com Carlos Sressão como presidente, mas fazendo parte do grupo administrativo da entidade em gestões seguintes.

O atual superintendente da Acim, José Augusto Gomes, ainda menor de idade como legionário, recorda que Carlos Spressão foi um diretor muito presente e que tratava bem os funcionários. “Entrei quando o presidente era o Kalil Haddad, e o senhor Carlos Spressão fez parte da diretoria daquela época, e lembro o quanto ele era respeitado pelos demais diretores e funcionários”, recordou o atual superintendente que completou 40 anos de atividades na entidade. “Cheguei a levar muitos documentos para ele assinar onde ele trabalhava”, acrescentou. “Foi uma pessoa serena que ajudava muito nas discussões e bastante sensato nas polêmicas que aconteciam”, recordou Odair Aparecido Martins que fez parte de algumas diretorias da Acim em conjunto com Carlos Spressão. “Ele tinha posições e convicções bem definidas”, ressaltou Odair Aparecido Martins, outro diretor que está há décadas na entidade.

Dirigentes lamentam falecimento de ex-presidente
5 (100%) 1 vote

Seja um associado

Independente do porte e segmento da sua empresa, na ASSOCIAÇÃO certamente existe um benefício perfeito para vocé

Dúvidas?