Atendimento: [14] 3402-3300

Encontro na Zona Sul esclarece conceito e reúne propostas

Comerciantes da Zona Sul participam de encontro com representantes da Acim e iniciam programa de desenvolvimento

Os dois encontros com comerciantes da Zona Sul, realizados pela Associação Comercial e Industrial (ACI) de Marília, com comerciantes daquela populosa região da cidade, foram importantes para esclarecimentos de conceitos e serviços, além de reunir uma série de propostas como forma de intensificar o comércio naquele bairro. “A associação comercial representa os comerciantes, e diante disso, vamos fortalecer reivindicações importantes, bem como, oferecer uma série de ações que pretende melhorar o desempenho do comércio varejista naquela região”, disse o presidente da ACI de Marília, Adriano Luiz Martins que pretende se reunir com comerciantes dos principais corredores comerciais da cidade de bairros diferentes.

No primeiro encontro realizado na Paróquia da Igreja Nossa Senhora de Guadalupe, um grupo de comerciantes solicitou uma maior presença da Acim na Zona Sul. “Uma proposta que vai ao encontro da diretoria que pretende criar um “Posto Avançado” da associação comercial nesta região”, anunciou Adriano Luiz Martins que gostou da proposta e já conseguiu, inclusive, um local para fixar a Acim na Zona Sul da cidade. “Vamos tratar dos detalhes formais deste Posto Avançado e em breve oferecer esta opção para os comerciantes do bairro”, disse ao iniciar as tratativas para a criação do Posto que passaria a manter um contato mais próximo e frequente com os comerciantes do bairro Nova Marília. “Estamos falando da maior concentração de pessoas numa única região da cidade”, enalteceu Adriano Luiz Martins ao lembrar que o Nova Marília pode ser considerado como uma pequena cidade.

No encontro realizado na Associação de Moradores do Nova Marília, a conversa entre os comerciantes ficou mais nos problemas de infraestrutura e do conceito do associativismo. “Muitas reclamações sobre bocas de lobo, pavimentação, calçadas, canteiro central, segurança, iluminação e tantos outros detalhes que competem a Prefeitura de Marília”, comentou o presidente da associação comercial mariliense. “Vamos procurar as secretarias municipais e reforçar o pedido de melhoria, afinal, tudo isso afeta diretamente o comércio da Zona Sul”, ressaltou o dirigente que considera importante ouvir as necessidades do comerciante para futuramente elaborar um plano de ação. “Não tenho dúvidas de a união dos comerciantes, através da Acim, fortalece todo o trabalho a ser desenvolvido”, disse ao explicar os conceitos sobre o associativismo aos comerciantes presentes.

Tendo a presença do Gerente Regional do Escritório do Sebrae em Marília, Ricardo Borgheresi Calil, a capacitação nas áreas de gestão, fluxo de caixa, vendas, marketing e consultorias na administração das lojas, foram os pontos mais acentuados para futuros grupos a serem assessorados pelo Sebrae de Marília, através da associação comercial. “Esta é uma ação fácil, rápida e funcional que podemos fazer de imediato”, enfatizou Adriano Luiz Martins ao ouvir este desejo por parte dos comerciantes da Zona Sul de Marília. “A associação comercial com o Sebrae, nós vamos desenvolver este trabalho de imediato, ficando para os comerciantes se unirem e formarem os grupos de estudo”, explicou o dirigente da ACI de Marília. “Os cursos que forem gratuitos, serão os primeiros, enquanto que os outros, vamos estudar mecanismos de participação”, falou.

 

 

 

Encontro na Zona Sul esclarece conceito e reúne propostas
Avalie esta postagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seja um associado

Independente do porte e segmento da sua empresa, na ASSOCIAÇÃO certamente existe um benefício perfeito para vocé

Dúvidas?