Atendimento: [14] 3402-3300

Evento na Acim estimula projeção de Marília para 2037

Evento-na-Acim-estimula-projeção-de-Marília-para-2037

Evento realizado na Acim estimulou a necessidade de se discutir ações desenvolvimentistas por Marília

Palestra realizada no auditório da Associação Comercial e Industrial (ACI) de Marília, com o Silvio Barros, envolvendo diversas lideranças marilienses, estimulou a discussão de planejamentos das políticas públicas do município, projetando a cidade de Marília para 2037. “Queremos criar um fórum permanente de discussões agregando entidades desenvolvimentistas e pessoas com liderança e inteligência para um futuro melhor da nossa comunidade”, disse o presidente da associação comercial, Libânio Victor Nunes de Oliveira, ao recepcionar os convidados. “Precisamos criar uma sociedade organizada desprovida de interesses particulares e passar a ter interesses coletivos”, completou o vice presidente da Acim, Adriano Luiz Martins, que assumirá a presidência da Acim em fevereiro de 2018.

Durante pouco mais de 60 minutos Silvio Barros fez uma série de colocações do ponto de vista político e comparações entre o setor público com o setor privado, apresentado experiências que teve como duas vezes prefeito da cidade de Maringá/PR, e a criação e implementação do Codem (Conselho de Desenvolvimento Municipal), iniciado na década de 90 que vem criando oportunidades de crescimento social da cidade nos dias de hoje. “Trata-se de uma gestão compartilhada em que a sociedade organizada está com o Poder Público e não contra”, falou ao mostrar, inclusive, dados socioeconômicos da cidade de Marília desconhecidos de alguns. “Tem algo errado nos dados, porque tem muita coisa boa e muita coisa ruim, o que demonstra instabilidade”, disse ao fazer o alerta. “Como é que vocês querem ver a cidade de Marília daqui a 20 anos?”, questionou por diversas vezes, ao colocar-se como um “provocador”.

Segundo Libânio Victor Nunes de Oliveira o próximo passo será discutir a possibilidade da criação de um grupo que venha a reunir líderes, discutir ações desenvolvimentistas e apontar alternativas e soluções a médio e longo prazos. “É preparar a cidade para as próximas gerações, colaborando com o Poder Público e não confrontando”, disse o presidente da associação comercial que se dispõe a colocar a infraestrutura da Acim para um trabalho neste sentido. “Sendo para fazer uma cidade melhor, a associação comercial quer participar”, anunciou o dirigente que considerou válido o encontro realizado, principalmente pelas dezenas de pessoas que compareceram e que podem colaborar. “Vamos dar prosseguimento neste pensamento, não ficando apenas no desejo, mas agindo dentro de nossas realidades”, reforçou Adriano Luiz Martins.

Para o presidente do Conselho Consultivo da Acim, Roberto Borghete de Mello, a associação comercial pode ser o início deste tipo de ação na cidade, aglutinando as lideranças e iniciar uma discussão permanente sobre o desenvolvimento da cidade. “São muitas as nossas necessidade e temos que pensar que vivemos na mesma cidade”, falou o dirigente que considerou oportuna a exposição feita por Silvio Barros. “Ele nos mostrou o caminho, cabe agora discutir entre nós se queremos caminhar”, ressaltou. “O Silvio nos mostrou que é possível reunir o pessoal interessado numa Marília melhor e fazer algo rápido, e o exemplo são os resultados de Maringá, que me parece viver uma outra realidade, mas que nós podemos chegar lá”, opinou ao se surpreender pelo fato de Marília ter mais idade do que Maringá. “Nada é impossível quando se quer fazer o bem”, ensinou.

Evento na Acim estimula projeção de Marília para 2037
Avalie esta postagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seja um associado

Independente do porte e segmento da sua empresa, na ASSOCIAÇÃO certamente existe um benefício perfeito para vocé