Atendimento: [14] 3402-3300

Inclusão e Exclusão ao SCPC terminam o ano em alta

Adriano Luiz Martins e José Augusto Gomes, ambos da Acim, falam sobre o SCPC da Acim e a inadimplência

Estatísticas sobre o número de CPFs incluídos e excluídos no Banco de Dados do Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC) da Associação Comercial e Industrial (ACI) de Marília, mostram o ano de 2018 como positivo, o que demonstra uma maior utilização do sistema de consulta por parte dos comerciantes de Marília em cadastrar os devedores e excluir os adimplentes do sistema de consulta. “Essa é uma demonstração de que o comerciante está vigilante e procurando informações sobre o cliente”, disse o presidente da associação comercial mariliense, Adriano Luiz Martins ao verificar elevação de 37,41% nas inclusões e de 4,43% nas exclusões, nos 12 meses de 2018.

Para o superintendente da associação comercial local, José Augusto Gomes, este comportamento reforça a orientação que a entidade sempre oferece ao lojista, de tomar informação antes de conceder o crédito. “Nosso sistema é nacionalizado, completo e oferece condições de análise por parte do lojista de diversas frentes”, disse o dirigente mariliense ao reforçar a importância de se registrar os débitos existentes na loja e de excluir aqueles que se tornaram adimplentes. “Deve ser um hábito corriqueiro na loja e que faça parte das normas da administração da empresa incluir e excluir CPFs dos clientes junto ao sistema do SCPC”, sugeriu José Augusto Gomes.

Durante o ano de 2018 entre os incluídos, o mês de Novembro foi o de maior quantidade de CPFs inclusos, no comparativo com Novembro de 2017. Houve uma evolução de 122,8%, o que se justifica em virtude do Black Friday no final do mês e o Natal no mês seguinte. O segundo mês com maior número de incluídos ao sistema do SCPC da Acim foi o mês de Junho, com 95,8% o que é considerado normal, no meio do ano as lojas realizarem esse tipo de comportamento. “É como se houvesse um balanço no meio do ano, se preparando para as vendas do segundo semestre”, disse José Augusto Gomes, ao verificar os meses de Fevereiro e Janeiro de 2018 como os de menor fluxo de dados, com -15% e -6% respectivamente.

Quanto aos excluídos o mês de Novembro, novamente, foi o de maior número de CPFs que retomaram o poder de compra no crediário, com uma elevação de 167,9% no comparativo a Novembro de 2017, o que se justifica quanto as vendas do Black Friday e Natal nos meses de Novembro e Dezembro respectivamente. Setembro foi o segundo mês do ano com maior retirada de CPFs do sistema, com 42,9% a mais do que no ano anterior, sendo o mês de Maio o pior de todos, com -62,6% a menos do que o mesmo mês em 2017. “Não existe uma explicação específica neste sentido, mas neste caso o desemprego e os problemas econômicos na época influenciam muito”, justificou José Augusto Gomes que nota nos 12 meses do ano passado, quatro deles foram negativos: Janeiro, Fevereiro, marco e Maio, quanto as exclusões.

Foram incluídos aos SCPC da Acim 19.083 CPFs durante o ano de 2018, diante dos 11.786 CPFs que foram excluídos, o que demonstra haver mais CPFs incluídos no sistema do que excluídos. “Dai o alerta para que se tenha muito cuidado para conceder o crédito, e que a informação sobre o cliente é fundamental para esta decisão”, completou Adriano Luiz Martins ao lembrar que o sistema é nacionalizado, eletrônico e de acesso imediato por diversas formas. “O remédio contra a inadimplência é a informação”, afirmou José Augusto Gomes.

Inclusão e Exclusão ao SCPC terminam o ano em alta
Avalie esta postagem

Seja um associado

Independente do porte e segmento da sua empresa, na ASSOCIAÇÃO certamente existe um benefício perfeito para vocé

Dúvidas?