Atendimento: [14] 3402-3300

Lojas do comércio de Marília abrem até as 17 horas

Lojas do comércio de Marília estarão abertas neste feriado até as 17 horas

As lojas do comércio de Marília estarão abertas neste feriado municipal do Dia 08 de dezembro, sexta-feira, Dia de Imaculada Conceição, um feriado religioso em que o comércio local funcionará das 9 as 17 horas, conforme a decisão da assembleia geral extraordinária, realizada em novembro do ano passado, quando decidiu todo o calendário de 2017. De acordo com o presidente da Acim, Libânio Victor Nunes de Oliveira, trata-se de uma decisão facultativa, porém, quem quiser trabalhar, deve cumprir as decisões da convenção coletiva de trabalho e trabalhar normalmente, neste período que é considerado o melhor das vendas do ano. “Somente a cidade de Marília estaria com o comércio fechado, num dia complicado da semana, uma sexta-feira, no início das vendas para o Natal”, argumentou o dirigente mariliense.

De acordo com a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) assinada no dia 20 de março de 2017 entre o Sindicato do Comércio Varejista de Marília e o Sindicato dos Trabalhadores do Comércio de Marília a empresa que abrir neste feriado deverá conceder uma folga compensatória em até 90 dias após o feriado ou realizar o pagamento do dia em dobro conforme prevê a legislação e o CCT. Além disso, o empregador terá que pagar o vale transporte, o pagamento das comissões contratuais a que fizerem jus sobre as vendas efetuadas e DSR correspondente. É preciso efetuar o pagamento de indenização a título de alimentação, no valor de R$ 61,00 para microempresa (ME); para empresas de pequeno porte (EPP) o valor de R$ 79,00 e para grandes empresas (Ltda e S/A) o valor de R$ 92,00, pagos no dia do feriado trabalhado, em cheque ou moeda corrente correspondente a indenização de alimentação.

Apesar da liberação da abertura da loja, a decisão, segundo Libânio Victor Nunes de Oliveira é do próprio comerciante. “As grandes lojas, as lojas de rede, os magazines e os shoppings estarão funcionando, o mesmo acontecendo com as galerias e os principais corredores comerciais”, comentou ao considerar desleal a concorrência. “Se a maioria abrirá, não tem como o médio e pequeno lojista não abrirem”, argumentou. “Ainda mais precisando vender para poder quitar os compromissos de final do ano que não são poucos”, falou o dirigente mariliense que compreende a necessidade da folga e do feriado, porém, avalia a questão administrativa da empresa. “Sem vendas fica difícil saldar os compromissos”, completou ao acreditar que a grande maioria abrirá as lojas por se tratar de um período importante para o comércio varejista, em detrimento de que as demais cidades da região, o comércio funcionará normalmente. “Por ser pólo regional de consumo, fica muito difícil não abrir”, opinou o presidente da associação comercial.

Por ser algo que há mais de 20 anos as lojas vem funcionamento neste feriado, como no dia 9 de julho, o presidente da Acim coloca o departamento jurídico da entidade a disposição do comerciante em geral para esclarecimento de dúvidas e protocolos a seguir. “O importante é fazer tudo dentro da legalidade, evitar transtornos, e procurar vender mais e melhor de forma constante”, opinou o dirigente que espera uma elevação nas vendas neste final do ano próximo a 10% de acordo com os índices econômicos e pelo fato do comparativo ao mês de dezembro do ano passado, naquela época as vendas foram ruins, consideradas as piores dos últimos tempos. “Hoje vivemos uma realidade bem melhor”, falou animado.

Lojas do comércio de Marília abrem até as 17 horas
Avalie esta postagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seja um associado

Independente do porte e segmento da sua empresa, na ASSOCIAÇÃO certamente existe um benefício perfeito para vocé