Atendimento: [14] 3402-3300

Quedas nas inclusões e exclusões nas listas do SCPC da Acim

José Augusto Gomes fala sobre a queda nos índices do SCPC da Acim, aliado ao evento que acontecerá na entidade

Uma exposição sobre “Gestão da Inadimplência” está agendada para o próximo dia 18, terça-feira, as 18h30, na sede da Associação Comercial e Industrial (ACI) de Marília, visando oferecer aos participantes orientações sobre os cuidados na concessão de créditos e os procedimentos de cobrança em relação ao Código de Defesa do Consumidor (CDC), diante da queda na inclusão e na exclusão de pessoas nas listas com restrições cadastrais do Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC) da associação comercial de Marília. “Este ano tivemos uma queda na inclusão de CPF´s no nosso banco de dados de (-)16,90% e na exclusão chegou a (-)30,08%”, disse o superintendente da entidade mariliense, José Augusto Gomes, ao aproveitar os comparativos dos cinco meses do ano, e o evento que será patrocinado pela entidade, em parceria com o Escritório Regional do Sebrae em Marília.

De acordo com o levantamento do SCPC da Acim, nos cinco meses deste ano o mês de abril contou com 52,17% a menos de CPF´s incluídos ao sistema de proteção, fazendo com que o índice acumulado se tornasse elevado, e ainda com queda. “Os meses de janeiro e fevereiro foram positivos, quanto a inclusão, tendo crescimento de 42,12% e 11,17%, respectivamente”, disse José Augusto Gomes que monitora mensalmente o movimento do SCPC da Acim. “Porém, os meses de março e abril foram muito abaixo do normal, com 8,34% e 52,17% a menos do que no comparativo com os meses de março e abril do ano passado”, apontou o dirigente mariliense ao verificar que em maio o índice foi positivo, mas insuficiente para a média, na ordem de 8,15%, totalizando a média dos cinco primeiros meses do ano em (-)16,90% a menos. “No ano passado os cinco primeiros meses do ano tiveram 9.559 pessoas incluídas, diante das 7.944 pessoas deste ano”, falou.

Quanto as exclusões, ou seja, aqueles que deixaram a listagem de restrição do SCPC da Acim, os meses de janeiro, fevereiro e maio foram muito bem: 48,73% saíram da listagem no começo do ano, com outros 10,11% em fevereiro e mais 50,47% no mês de maio. “Em compensação no mês de março foram 75,61% a menos no comparativo com março do ano passado, desequilibrando a média mensal, somando com os 12,93% a menos registrados no mês de março”, explicou José Augusto Gomes ao ler a tabela de acompanhamento da performance do SCPC da Acim, que tem marcado 7.064 pessoas que deixaram a lista de restrição em 2018, diante dos 4.939 que saíram este ano. “Isso quer dizer que neste ano, até o momento, temos menos 30,08% de pessoas em condições de comprar nas lojas da cidade”, disse José Augusto Gomes.

Com exposição de Marcos Massatoshi Takaoka, o evento na semana que vem pretende orientar o comerciante associado ou não, que tome muito cuidado com o crediário, onde a inadimplência pode atingir de forma vital no desenvolvimento da empresa. “Com menos pessoas incluídas na lista e menos pessoas saindo do banco de dados do SCPC da Acim, os riscos de inadimplência no comércio de Marília crescem”, alertou o presidente da associação comercial, Adriano Luiz Martins, ao lembrar que este encontro na sede da entidade será gratuito, com direito a coffe break e ainda com local exclusivo para crianças entre 5 e 12 anos de idade. “Enquanto os pais estudam como não deixarem a inadimplência da empresa crescer, os filhos ficam sob cuidados de monitores o tempo todo”, ressaltou o dirigente que tem proporcionado esta condição aos participantes dos eventos na entidade.

Quedas nas inclusões e exclusões nas listas do SCPC da Acim
Avalie esta postagem

Seja um associado

Independente do porte e segmento da sua empresa, na ASSOCIAÇÃO certamente existe um benefício perfeito para vocé

Dúvidas?