Atendimento: [14] 3402-3300

Recolhimento de impostos passa dos R$ 700 bilhões

Adriano Luis Martins, vice presidente da diretoria da Associação Comercial e Industrial de Marília

O vice presidente da diretoria da Associação Comercial e Industrial (ACI) de Marília, Adriano Luiz Martins, alertou o empresariado em geral para o valor atingido no recolhimento de impostos por parte dos governos: Municipal, Estadual e Federal, que atingiu por volta das 8 horas do último dia 24, segunda-feira, a marca dos R$ 700 bilhões, o que é considerado elevado de acordo com os comparativos com as arrecadações de anos anteriores. “Um valor elevado que somado a crise que vivemos pode haver a sensação de ser o dobro”, comentou o dirigente mariliense ao mostrar a dificuldade de se pagar os tributos e o quanto o dinheiro está deixando de circular no comércio em geral.

De acordo com Adriano Luiz Martins no ano passado essa mesma quantia foi arrecadada no dia três de maio, ou seja, nove dias depois. “O crescimento da arrecadação de um ano para outro decorre da retomada de atividade de alguns setores da economia brasileira, embora ainda em patamar baixo”, falou o vice presidente da associação comercial local. “A expectativa é de que uma recuperação mais consistente produza efeito positivo na arrecadação, o que mostra, assim, que não há necessidade de elevação de tributos”, comparou ao ser radicalmente contra a elevação dos impostos como ameaça o Governo Federal.

Para Adriano Luiz Martins qualquer aumento pode prejudicar a atividade econômica e, consequentemente, a própria arrecadação. “O comércio já sofre com a falta do poder de compra do consumidor, e isso afeta diretamente o pagamento de impostos, pois, com menos vendas, menos impostos são pagos”, explicou o dirigente que considerou válida a injeção financeira no comércio em geral com a liberação dos créditos do FGTS, mas que ainda é preciso de mais ações estimulantes. “Nada de aumento das alíquotas dos impostos”, defendeu. “Ao contrário: existem impostos que podem e devem ser incorporados com outros ou extintos”, defendeu o vice presidente da associação comercial mariliense.

Os números informados pelo Impostômetro representam o total de impostos, taxas e contribuições pagas pelos brasileiros desde o início do ano. No portal www.impostometro.com.br é possível visualizar os valores arrecadados em todos os estados e municípios, e também por período e categoria (produção, circulação, renda, propriedade). O painel foi implantado em 2005 pela Associação Comercial de São Paulo para conscientizar o cidadão sobre a alta carga tributária e incentivá-lo a cobrar os governos por serviços públicos de qualidade. Está localizado na sede da ACSP, na Rua Boa Vista, centro da capital paulista, próximo a praça do Colégio São Bento.

Recolhimento de impostos passa dos R$ 700 bilhões
Avalie esta postagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seja um associado

Independente do porte e segmento da sua empresa, na ASSOCIAÇÃO certamente existe um benefício perfeito para vocé