Atendimento: [14] 3402-3300

SCPC da Acim faz alerta sobre inclusão e exclusão

José Augusto Gomes, superintendente da Acim, fala sobre o incluídos e excluídos do SCPC

O Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC) da Associação Comercial e Industrial (ACI) de Marília chama a atenção dos comerciantes em geral para o crescimento no número de inclusões de CPF’s ao Banco de Dados da entidade, com restrição no crediário, em relação ao baixo número de CPF’s que foram excluídos deste mesmo Banco de Dados. “Isto é preocupante, pois, demonstra que mais pessoas estão com restrições e menos pessoas recuperaram o crédito”, resumiu o presidente da associação comercial local, Adriano Luiz Martins, ao receber o balanço mensal dos dados estatísticos do movimento de todo o SCPC da Acim.

De acordo com o superintendente da entidade, José Augusto Gomes, a variação é grande entre os incluídos e excluídos do Banco de Dados do SCPC da Acim, nos últimos oito meses. “Enquanto os incluídos crescem em mais de 25%, os excluídos decrescem em 15%”, alertou o dirigente ao observar o comparativo dos dois quadrimestres do ano passado com os dois deste ano, cuja a somatória aponta: 25,10% de crescimento no número de pessoas que passaram a ter restrição no crédito este ano, diante dos (-) 15,03% de consumidores que tiveram o crédito de volta em 2018. Este ano foram incluídos no Bando de Dados do SCPC da Acim, 12.354 consumidores, enquanto que somente 7.189 pessoas passaram a ter crédito nas lojas do Brasil. “Infelizmente o ideal seria o contrário: menos pessoas sendo incluídas e mais pessoas recuperando o crédito”, apontou José Augusto Gomes.

O mês de Fevereiro deste ano foi o melhor de todos, pois houve queda no número de incluídos na ordem de 15%, sendo o mês de Junho o pior deles para o comércio em geral, pois, foram 95,84% de crescimento do número de CPF’s sem condições de comprar pelo crediário, enquanto que entre os excluídos do Bando de Dados do SCPC da Acim, o mês de Julho deste ano foi o que mais pessoas saíram da listagem, com 35,93% no comparativo com o mês de Julho do ano passado, e o mês de Maio de 2018 com o pior deles, por haver queda de 62,63% no número de pessoas que recuperaram o crediário no comparativo com 2017. “A média não está o ideal, mas há tempo de recuperar isso até Dezembro”, lamentou Adriano Luiz Martins que considera esta ferramenta de consulta como importantíssima na luta contra a inadimplência.

Se os números não agradam para o varejo, havendo menos pessoas sem restrição de crédito, por outro lado o presidente da associação comercial considera favorável a utilização da consulta e a confiança dos lojistas em utilizar o sistema. “Se mais pessoas foram incluídas ao Banco de Dados do SCPC da Acim, é sinal que o comerciante acredita no serviço e utiliza este meio como forma de recuperar o dinheiro, por hora, perdido”, disse Adriano Luiz Martins ao sugerir a todos os comerciantes que não deixem de consultar o Banco de Dados do SCPC da Acim, que é nacionalizado, ou seja, uma vez incluído todas as lojas do território nacional são informadas da restrição. “Por isso é importante consultar e abastecer o banco de dados para que o sistema continue sendo ágil e confiável”, comentou o dirigente mariliense.

Segundo o superintendente da Acim o lojista associado pode consultar o CPF do cliente pela internet, por telefonia e até através da atendente da associação comercial. “É rápido, prático e seguro”, garante o diretor da entidade. “As informações são amplas e oferece condições do comerciante decidir se deve ou não conceder o crédito”, explicou José Augusto Gomes, que também aconselha os associados a consultarem o SCPC da Acim antes de efetivar uma venda seja com pessoas física ou jurídica. “Existem vários tipos e formas de consultas”, acrescentou ao mostrar a eficiência do sistema.

SCPC da Acim faz alerta sobre inclusão e exclusão
Avalie esta postagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seja um associado

Independente do porte e segmento da sua empresa, na ASSOCIAÇÃO certamente existe um benefício perfeito para vocé

Dúvidas?