Atendimento: [14] 3402-3300

Vendas no Natal são afetadas pelo dólar e Black Friday

Papai Noel em Marília passa pelo centro comercial oficializando a abertura do Natal “Mar de prêmios”

O presidente da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp), Alencar Burti, está fazendo um alerta aos comerciantes do varejo em geral sobre a possibilidade das vendas do Natal, neste mês de Dezembro, sejam afetadas pela campanha promocional do Black Friday no mês de Novembro e ainda a instabilidade do dólar. “Vamos crescer. Mas não como queríamos”, disse o presidente da Associação Comercial e Industrial (ACI) de Marília, Adriano Luiz Martins, ao tomar conhecimento da posição da Facesp que prevê crescimento moderado de até 3%, no mesmo comparativo com o Natal do ano passado. “A estimativa é de que em 2017, o varejo de SP cresceu apenas 4,5% no período”, escreveu Alencar Burti.

Para o dirigente paulistano a previsão da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), que detém o ritmo das vendas no varejo em todo o Brasil, para as vendas de Natal em 2018 na capital paulista é de que o movimento apresente crescimento médio de 2% a 3%. “É um resultado mais fraco do que o do Natal de 2017, quando as vendas aumentaram 4,5% frente ao ano anterior”, comparou Adriano Luiz Martins que é mais otimista e acredita na superação dos 5%, chegando a 8%. “Nos 10% acho pouco provável”, arrisca o dirigente mariliense. “A economia está em marcha lenta”, aponta Alencar Burti. “E a disparada do dólar ― que está perto dos R$ 4, sendo que em 2017 estava próximo de R$ 3 ― está pressionando o preço de produtos importados que compõem a cesta de final de ano, como bacalhau, vinho e eletrônicos”, argumentou o dirigente paulistano, presidente da ACSP e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp).

De acordo com Alencar Burti os eletrônicos também podem ser afetados pela antecipação de compras desses produtos na Black Friday. “Mas outros itens, especialmente brinquedos, roupas e artigos de uso pessoal devem ter desempenho melhor”, disse mais animado. Por outro lado, o presidente da ACSP avalia que, “passado o período de incertezas eleitorais, a confiança do varejo e do consumidor está maior, o que pode até levar as vendas de Natal a terem resultado melhor do que o estimado”. “Vivemos um momento de esperança e de entusiasmo”, completou Adriano Luiz Martins que está mais animado com as vendas do Natal, principalmente depois do lançamento da iluminação pública no período da noite, em Marília, quando o funcionamento será até o dia 21, das 9 as 22 horas, durante a semana.

LANÇAMENTO – A campanha promocional de final do ano: “Mar de prêmios”, oferecendo três viagens de cruzeiro e nove vales compras no valor de R$ 500,00 cada está em andamento neste mês Dezembro e teve o lançamento oficial com a “chegada do Papai Noel”, nas lojas do comércio de Marília, quando a personagem estará desfilando pelas ruas das cidades nos principais corredores comerciais de Marília nas regiões: central e nas Zonas Norte, Sul, Leste e Oeste. “Vamos entusiasmar os consumidores, porque os lojistas estão preparados”, disse animado o presidente da associação comercial de Marília ao lembrar que todos os sábados deste mês as lojas funcionam das 9 as 17 horas, e no domingo dia 23 e na segunda-feira, dia 24, também.

 

Vendas no Natal são afetadas pelo dólar e Black Friday
Avalie esta postagem

Seja um associado

Independente do porte e segmento da sua empresa, na ASSOCIAÇÃO certamente existe um benefício perfeito para vocé

Dúvidas?